sábado, 11 de junho de 2011

abelissaurídeos

Os abelissaurídeos são uma classe de dinossauros que habitaram a Europa meridional, Índia, Madagascar, África e a América do sul.
Essa classe de dinossauros viveu no período cretáceo.
atualmente, acredita-se que os abelissaurídeos eram carniceiros, porém eles ou eram pequenos demais ou os únicos predadores da região. Uma vez eu estava analisando o crânio de um Carnotauro e vi que sua mandíbula era muito frágil, porém observei como a cabeça era espessa. 
crânio de carnotauro, observe a espessura do crânio.
Os abelissauros são os mais primitivos predadores do cretáceo, que sobreviveram devido ao isolamento da região em que eles habitavam. Uma característica marcante nos abelissauros é a sua mandíbula frágil e fina, claramente, não estava adaptada para morder até a morte suas presas, logo nos restam apenas duas teorias: a primeira e mais simples é a de que eles eram carniceiros oportunistas e roubavam a caça de predadores de verdade, no entanto, esta teoria está, em minha opinião, um tanto incorreta, pois o carnotauro não era assim tão inteligente para se unir em grupos numerosos e atacar um grupo menor de giganotossauros, o predador supremo,  se tentassem ocorreria isto:
não era  fim mais adequado para este dinossauro
seria muto triste para o carnotauro, ou qualquer outro abelissauro, pois, salvo raras zonas, os abelissauros NÃO estavam no topo da cadeia alimentar. Isso nos indica a acreditar na segunda teoria, a de que os abelissauros tinham uma estratégia de caça muito específica, a qual, ao que parece, ainda não foi ainda descoberta ou talvez haja espaço para especularmos sobre isso, então lá vai, analisando a parte superior do crânio, observamos certas irregularidades (o crânio parece uma lixa, nesse aspecto):
observe a lixa presente na parte superior do crânio
todos os abelissauros eram pequenos em relação às presas caçadas ou entre os predadores de seu ambiente,    levando-nos a crer que os abelissauros caçavam em duplas e usavam uma arma secreta na cabeça, por exemplo, essa "lixa" presente no crânio de todos os abelissauros nos sugestiona que ali havia um bolo de gordura ou cartilgem, como o "melão" dos golfinhos atuais. Esse olo de matéria orgânica não fossiliza, portanto, nunca veríamos esse material.
File:Abelisaurid sizes.JPG
como podem ver eles não eram assim tão gigantes.
essa estrutura de material não identificado, estaria presente em todos os abelissauros, pois o local onde estaria a estrutura é bem visível entre todos os abelis observe:
1-rajasaurus/ 2-rugops/ 3-abelissauro/4-majungassauro/5-aucassauro/6-carnotauro.

Todos eles apresentam uma lixa em alguma parte do crânio, com exceção do carnotauro, pois os chifres teriam a mesma função do material sustentado,  mas fica a pergunta "para que servia esse tecido acima da cabeça?", aqui vai a resposta: ela servia como endurecimento do crânio para facilitar o trabalho de cabecear suas presas até a morte.
A ultima coisa é a malha de ossos que cobria o corpo dos abelissauros, que, obviamente, servia como defesa.
até mais
N.S

referências:
avph.com
wikipedia
dinostoreus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...